Criar jogos online com o PurposeGames

0
245
professor ae aluno em frente ao computador e logotipo do PurposeGames
Fonte da imagem: pexels.com e Evolua Conteúdos (adaptação)

Criar jogos online com o PurposeGames, você nem precisa saber como escrever uma linha de código!

E, você pode criar jogos temáticos e de multiplataforma usando o PurposeGames.

Com isto em mente, elaborarmos este artigo para você entender tudo sobre PurposeGames.

Então, prossiga com a leitura e saiba criar jogos online com o PurposeGames.

O que é PurposeGames?

Você pode usar os PurposeGames para criar seus próprios jogos online personalizados e de graça!

Os jogos interativos de múltipla escolha são os mais simples. Imagens e mapas são usados em uma versão mais avançada, o que requer que os jogadores identifiquem os locais representados pelos marcadores.

Na maioria das vezes, o que é interessante é a interface simples e intuitiva para criar jogos de qualquer complexidade, desde o mais simples até o mais avançado.

Como funciona PurposeGames?

Mãe ensinando filha a mexer no computador
Fonte da imagem: pexels.com

É muito fácil de se registrar e só requer seu endereço de e-mail e senha para começar.

O próximo passo é se familiarizar com a página inicial, que lista todas as ferramentas disponíveis.

Em seguida, você tem que escolher uma opção de jogo e clicar em “Create ” e começar a criar um jogo online.

Onde encontrar PurposeGames?

Para acessar a plataforma PurposeGames, você pode digitar o nome dessa plataforma no Google e acessar o primeiro resultado, ou mesmo você pode clicar no link https://www.purposegames.com.

Relação do PurposeGames com sala de aula e educação

Mesmo antes de os jogos educativos online se tornarem populares, as escolas já utilizavam alguns dos materiais didáticos mais lúdicos.

Os professores neste cenário, por outro lado, se apegavam ao básico, como jogos de memória, tangramas e outros tipos de quebra-cabeças e jogos de concentração.

As novas gerações sempre tiveram uma forte conexão com a tecnologia, por isso era inevitável que elas assumissem o ambiente escolar.

Atualmente, as aulas de informática são muito mais do que apenas um meio de ensinar os alunos a digitar e conduzir pesquisas. É possível colocar os alunos à frente de exercícios interativos, aulas dinâmicas e uma variedade de formatos diferentes de conteúdo.

Benefícios do PurposeGames para crianças

Menina mexendo no computador
Fonte da imagem: pexels.com
  1. Aprender a linguagem de programação ao criar games

“Todos neste país deveriam aprender a programar um computador, porque ele ensina a pensar”, disse certa vez Steve Jobs, o fundador da Apple.

Como um empreendedor de tecnologia, alguns podem se perguntar por que ele não teria essa linha. Na realidade, esta frase faz muito sentido, dados os avanços tecnológicos atuais.

As visões de mundo das crianças são ampliadas quando lhes é dada a oportunidade de aprender de uma maneira mais dinâmica por meio da criação de jogos.

Dessa forma, a criança terá uma chance maior de encontrar trabalho no futuro. No final, quando ele ou ela for adulto, é provável que o mundo já esteja operando principalmente por meio da tecnologia.

  1. Desenvolver a resiliência

Para descrever a capacidade de recuperação de uma pessoa diante da adversidade, o termo “resiliência” é frequentemente utilizado.

A inteligência emocional, que é uma parte essencial de nossa natureza humana, pode ser desenvolvida através da prática de tal habilidade, que é altamente valorizada na sociedade de hoje.

Mas como tudo isso se relaciona com o processo de fazer jogos? Para fazer um jogo, você terá que cometer erros e ir e voltar várias vezes antes de acertar o design.

Assim, quando você está tentando aprender algo novo, você precisa de muita persistência.

Para ter em mente, é importante ter em mente que a resiliência também é um importante motor de foco.

Apesar dos contratempos, a criança não se intimida nem se distrai, e continua com suas tarefas. Ela pode ser usada durante os exames escolares ou mesmo durante competições esportivas como um bom exemplo.

  1. Melhorar o raciocínio lógico

Matemática, física e química são todas baseadas no raciocínio lógico do currículo escolar brasileiro. É essencial que as crianças desenvolvam este tipo de raciocínio para ter um bom desempenho nestas matérias se tiverem acesso a jogos.

Mas há mais do que isso. As linguagens de programação em jogos de vídeo ajudam as crianças a aprender a pensar logicamente, porque as ações que elas tomam necessitam de códigos específicos para produzir um produto final. Assim, o lado esquerdo do cérebro é capaz de atuar de forma mais eficiente.

Portanto, é importante lembrar que este lado do cérebro não só é responsável por nos ajudar a lembrar de longas sequências de fatos, mas também desempenha um papel no desenvolvimento da fala, do reconhecimento da imagem e até mesmo da habilidade musical.

  1. Estimular a criatividade

Pensa-se que as pessoas criativas pensam e agem de forma diferente por causa do crescimento de seus cérebros, o que pode oferecer novas perspectivas sobre o mundo. O tempo todo, a mente de uma pessoa criativa se torna mais curiosa e ativa.

Como resultado, as pessoas criativas são capazes de ver o mundo de várias maneiras.

Dito isto, elas são mais autênticas e sensíveis, além de possuírem excelentes habilidades de comunicação.

No entanto, uma criança pode aprender a desenvolver sua própria criatividade, o que a longo prazo a beneficiará.

Além disso, a imaginação da criança é chamada quando são confrontados com a tarefa de programar um jogo. Como resultado, as crianças serão mais capazes de lidar melhor com sua vida diária, não apenas na sala de aula, mas também em seus círculos sociais (com amigos e familiares).

  1. Desenvolver o trabalho em equipe

Como o mundo está interligado, ele reafirma nossa dependência um do outro durante grande parte de nossas vidas. Por mais que sejamos ensinados a valorizar a independência, os benefícios de crescer em comunidade são muitas vezes negligenciados.

O potencial e as habilidades de uma criança são revelados através do processo de criação de jogos de vídeo. Assim, ele ou ela está mais apto a enfrentar desafios de frente devido a este maior compromisso.

Mas espere, há mais. Ao envolver os outros, as crianças aprendem a lidar com as diferenças dos outros, aceitam seus erros e os ajudam a superar suas dificuldades, desenvolvendo, em última instância, uma verdadeira empatia.

  1. Melhore sua capacidade de se expressar e sua autoconfiança

Tanto em situações pessoais quanto profissionais, ser capaz de se expressar claramente é essencial. Nos conectamos e nos comunicamos com os outros em um nível profundo quando usamos a expressão, seja com a família, amigos ou pessoas que não conhecemos pessoalmente.

Na mente de muitos pais, a tecnologia tem o potencial de tornar as crianças mais reclusas e, em consequência, impedir o seu crescimento. A criação de jogos educativos online, por outro lado, prova que este recurso pode ser utilizado de forma eficaz.

A criança pode programar um cartão para o Dia das Mães ou Dia dos Pais se ela criar um jogo interativo para ocasiões especiais. A expressão de emoções e ideias se torna mais fácil como resultado disso.

Além disso, as crianças que são expostas a este tipo de treinamento ganham autoestima como resultado disso. Como resultado, a programação vai forçá-las a experimentar e ensiná-las que, mesmo quando cometem erros, ainda podem ser bem-sucedidas se tiverem confiança para confiar no processo e perseverar.

Para concluir, para uma criança, há inúmeras vantagens em criar jogos de vídeo. Ele ajuda não apenas o próprio crescimento pessoal, mas também o crescimento das relações com os outros. Sua autoestima aumenta, e ele é capaz de se expressar mais plenamente e fazer um impacto positivo no mundo.

  1. Desenvolve a capacidade de tolerância a frustrações

Quando confrontados com decepções, seja em brincadeiras a fingir ou no mundo real, as crianças e adolescentes muitas vezes não sabem como lidar com seus sentimentos de raiva ou tristeza. Desta forma, as frequentes derrotas que experimentam nos jogos podem ajudá-los a lidar melhor com elas.

A fim de ensinar aos jovens como administrar melhor suas emoções, os jogos devem ser implementados estrategicamente.

Da mesma forma, eles o ajudam a aprender sobre ganhar e perder, honestidade e justiça, e outros conceitos do gênero. Perder faz parte do jogo e, como na vida real, é possível recomeçar, o que as crianças podem aprender por meio do jogo.

Leia também aqui no Infopedagógica  o Guia completo sobre gamificação na educação (clique no link).

Se você gostou deste artigo sobre Criar jogos online com o PurposeGames,  compartilhe-o com seus amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here