Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O que é BNCC? Guia explicativo sobre o assunto

A BNCC é um longo documento, trata do desenvolvimento do currículo para toda a Educação Básica. Ou seja, inclui o Jardim de Infância, o Ensino Fundamental (primeiros e últimos anos) e o Ensino Médio.

Mas, educadores e gerentes ainda têm dúvidas sobre isso.

Para ajudá-los, neste guia, trataremos os principais pontos sobre a BNCC.

Boa leitura!

 

O que é a Base Curricular Nacional Comum?

A BNCC (Base Curricular Nacional Comum) é um documento padrão que estabelece os requisitos para a educação básica.

Ele o faz através de um sistema orgânico e progressivo de aprendizagem essencial.

Além disso, a BNCC visa criar um currículo universal para garantir que todos os estudantes de escolas públicas e privadas tenham o mesmo nível de conhecimento.

Embora o Currículo Nacional Comum tenha sido criado ao longo de muitos anos, muitos educadores ainda têm dúvidas a respeito do processo histórico que levou à criação da BNCC. Agora vamos mostrar a história do Currículo Nacional Comum através de uma linha do tempo detalhada.

 

Uma breve história sobre a BNCC

A BNCC é um tema que vem sendo discutido há anos. Tem visto seis a sete ministros e dois presidentes sobreviverem, mas só começou a ser implementado em 2018.

A Constituição Federal de 1988 previa a criação de uma Base Curricular Nacional Comum para o ensino primário. A Lei de Diretrizes e Bases (LDB) de 1996 abriu caminho para a adoção de uma Base Curricular Nacional Comum para o ensino básico.

Em 1997, foram desenvolvidos os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). Eles se referem a todas as matérias do currículo escolar. O Plano Nacional de Educação (PNE), 2014, inclui a BNCC.

MEC, Consed e Undime formaram o grupo de redação e elaboram a primeira versão da BNCC que foi publicada em setembro de 2015 que foi aberta para consulta pública.

Em 2017, foi redigida a terceira versão do documento. A aprovação desta versão passa por audiências públicas no Conselho Nacional de Educação, (CNE).

Finalmente, a implementação era para ocorrer em todas as escolas entre 2018 e envolverias etapas como o desenvolvimento, revisão de materiais didáticos, treinamento de professores e revisão curricular.

É importante lembrar que a construção da BNCC foi feita de forma democrática, ou seja, isto incluiu os educadores e a sociedade membro.

 

Objetivos da BNCC

É importante que você compreenda as metas e objetivos da BNCC. Em geral, a Base Nacional tem o objetivo de elevar a qualidade da educação no Brasil. Ela também promove o pleno acesso à educação para os estudantes.

Ela não apenas desenvolve as habilidades cognitivas dos estudantes, mas também facilita sua integração no ambiente social, cultural e emocional.

A BNCC é um guia para o desenvolvimento e implementação de projetos curriculares em instituições brasileiras de ensino fundamental. Ele também terá impacto na formação de professores, avaliações de ensino, distribuição de livros didáticos e treinamento de professores.

As instituições educacionais públicas e privadas devem se adaptar ao padrão BNCC.

É importante lembrar que a Base Nacional não tem um formato fixo. O documento permite que 40% sejam explorados de forma diferente por cada instituição de ensino. Cada escola é capaz de adaptar o documento de acordo com seu contexto local específico.

 

As competências

De acordo com o MEC, as competências da BNCC são um conhecimento de mobilização, habilidades (práticas e cognitivas e socioemocionais), atitudes e valores para resolver exigências complexas da vida diária, da cidadania e do trabalho mundial.

A BNCC estabeleceu 10 competências que apoiam a educação para que ela possa ser padronizada em todas as séries e áreas de conhecimento.

Cada componente e área de currículo tem suas próprias competências. Eles então se tornam disciplinas e os objetos de conhecimento e habilidades que se destinam a servir.

Veja abaixo as competências:

 

1.Conhecimento

Utilizar o conhecimento histórico, físico, digital e social para compreender a realidade e continuar a aprender.

 

2.Pensamento científico, crítico e criativo

A capacidade de usar a pensamento científico, uma abordagem científica que inclui reflexão e análise crítica para encontrar causas e testar hipóteses para formular soluções.

 

3.Repertório cultural

Para desenvolver a capacidade de valorizar, apreciar e desfrutar de várias expressões culturais, tanto locais quanto internacionais, e também para participar de diversas formas de produção artístico-cultural, você deve ter um senso estético.

 

4.Comunicação

Para comunicar, compartilhar e criar significados em vários contextos, incluindo verbal (oral ou escrito), e/ou verbal-visual (como uma Libras), você precisará ter conhecimento de linguagens multimodais, artísticas e matemáticas.

 

5.Cultura digital

Ser capaz de usar e compreender a tecnologia digital de informação e comunicação de forma crítica, significativa e ética em diferentes práticas sociais (incluindo escolas) para comunicar, acessar e disseminar conhecimento, resolver problemas, exercer liderança, autoria e fornecer apoio na vida pessoal e grupal.

 

6.Trabalho e projeto de vida

Respeitar a diversidade de conhecimentos, experiências culturais e os conhecimentos e experiências que lhes permitem compreender e fazer escolhas em linha com sua cidadania e projeto de vida.

 

7.Argumentação

Usar fatos, dados, informações e evidências para apoiar ou refutar ideias, opiniões e decisões comuns que promovam, respeitar e defender os direitos humanos, autocuidado e consciência social.

 

8.Autoconhecimento e autocuidado

Ser capaz de compreender e apreciar a si mesmo e cuidar de seu bem-estar emocional e físico. Compreender-se na diversidade humana, reconhecer suas emoções e ser capaz de lidar com elas.

 

9.Empatia e cooperação

Demonstrar empatia, diálogo e resolução de conflitos; apoiar e respeitar os direitos e direitos dos outros e os direitos humanos; e abraçar e valorizar a diversidade, incluindo as identidades, culturas e potenciais de indivíduos e grupos sem preconceitos.

 

10.Responsabilidade e cidadania

Agir coletiva e pessoalmente com autonomia, flexibilidade de responsabilidade, resiliência, determinação e independência.

 

Como as competências influenciam as tomadas de decisão do estudante para a vida?

As competências da BNCC ajudam os estudantes a estarem conscientes das consequências de suas escolhas em suas vidas e na sociedade. Eles também aprendem a identificar e experimentar os valores importantes que podem trazer à sua comunidade.

Isto lhes permite assumir a responsabilidade por suas ações e planos, e determinar individual e coletivamente o melhor curso de ação, tendo em mente as consequências gerais.

Além disso, os estudantes aprendem a examinar situações concretas nas quais emoções, frustrações ou ações podem impactar o contexto e a identificar e analisar maneiras de melhorar.

 

BNCC e o professor

É evidente de muitas maneiras que a intenção é tornar a sociedade mais justa. Vemos isso através da inclusão de educação de qualidade e outros elementos que promovem os valores compartilhados pelos estudantes, tais como as habilidades de desenvolvimento tanto prático quanto emocional.

Para implementar as competências da BNCC, incluindo todo o seu significado social, é importante planejar e pensar em atividades que estejam alinhadas com o currículo da escola.

Para colocar o aluno no centro de seu ensino, o professor assume uma postura reflexiva. Os professores também devem estar familiarizados com as ferramentas tecnológicas para que possam ser usados com segurança e eficácia no dia a dia de sua escola.

Os gerentes devem ser capazes de monitorar e apoiar este processo. Eles também devem investir na formação de professores para ajudar os professores durante este período de transição. Como a normativa exige que todos trabalhem em conjunto, a responsabilidade de alcançar os resultados desejados é compartilhada.

O que você achou? Gostou do post? Deixe um comentário aqui compartilhando suas experiências ou dúvidas, iremos adorar lhe responder!

Leia muito mais sobre educação no Blog EducaçãoFerramentas pedagógicas e no Saiba mais educação.

Novo Ensino Médio: projeto de vida

A Novo Ensino Médio, planejada desde 2014 pelo Plano Nacional de Educação (PNE), oferece modificações para fechar a lacuna no segmento. Como reação às exigências

Read More »