Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O que é ensino híbrido? Veja tudo sobre o assunto aqui!

A educação no Brasil e no mundo está atualmente passando por transformações significativas.

Como o modelo tradicional de ensino se torna menos protagonista, novas maneiras de melhorar o aprendizado estão sendo desenvolvidas.

O avanço das novas tecnologias facilitou aos educadores a criação de novos métodos e estratégias pedagógicas que melhorarão a qualidade da educação no país.

A modalidade de ensino híbrido, que combina os benefícios do ensino à distância com o ensino presencial, é uma dessas inovações na educação.

O futuro da educação é a aprendizagem híbrida. A combinação do ensino presencial e online permite que os estudantes tirem o máximo proveito de ambas as modalidades. Saiba mais sobre a aprendizagem híbrida, seus benefícios e como aplicá-la neste artigo.

Por isso, neste artigo, vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre o ensino híbrido.

Boa leitura!

 

O que é Ensino Híbrido?

Os professores devem entender que cada pessoa aprende de forma diferente. Isto não significa necessariamente que um estilo de aprendizagem seja melhor do que o próximo, mas sim que os alunos aprendem em seus próprios ritmos e de maneiras diferentes.

É óbvio que cada aluno tem seu próprio estilo de aprendizagem e método de ensino únicos. Aqui é onde a aprendizagem híbrida e novos métodos pedagógicos como ele são úteis.

Híbrido refere-se a algo feito a partir de uma mistura de dois ou três elementos distintos. O ensino híbrido (EH) incluiria tanto o ensino à distância quanto o ensino presencial.

O ensino híbrido refere-se a um método de ensino que usa tecnologia e aulas online para ajudar os estudantes a aprender, enquanto ainda usa o ensino presencial como um complemento.

 

Como trabalhar com Ensino Híbrido?

O ensino híbrido é mais do que apenas colocar computadores nas escolas. Ele requer que os alunos recebam orientação. Não é fácil adotar um novo método de ensino. A implementação deve ser lenta.

O ensino híbrido exige que repensemos nossa estrutura de sala de aula, o desenvolvimento e a gestão do tempo escolar, bem como a organização de nossas salas de aula.

 

Como e onde surgiu o ensino híbrido?

O ensino híbrido não é um conceito novo, embora muitas vezes não seja falado. Os anos 60 foram a primeira vez que esta ideia foi utilizada nos Estados Unidos.

O uso da tecnologia na educação foi uma grande tendência que começou nesta década. Ela substituiu parcialmente o papel do professor. Os computadores e outros aparelhos tecnológicos não eram acessíveis até meados dos anos 90. Isto tornava o modelo insustentável.

Com a melhoria da tecnologia, incluindo a disponibilidade de CD ROMs e internet mais rápida, o uso dessas tecnologias na sala de aula aumentou.

O Brasil há muito utiliza o aprendizado híbrido, que é o nível de ensino superior onde o EAD está mais consolidado. Mas, lentamente, algumas escolas de ensino fundamental também estão estudando este método educacional.

 

Quais são os benefícios do ensino híbrido?

Benefícios do Ensino Híbrido

O Brasil ainda tem a tradição do ensino tradicional em sala de aula, onde o professor está na sala. Todo aprendizado e ensino ocorre ali. Como todos sabemos, o aprendizado não é o mesmo para todos.

A educação tradicional coloca o foco sobre o professor e o protagonismo sobre ele.

Tanto a educação híbrida quanto o ensino à distância insistem que o aluno seja o protagonista em seu próprio processo de aprendizagem.

O ensino a distância dá ao estudante a liberdade de trabalhar em seu próprio ritmo e da maneira que ele sente que é mais eficaz. É aqui que a tecnologia pode ser uma grande amiga.

O estudante pode usar seus smartphones e tablets para pesquisar, para aulas de vídeo e até mesmo para aprender jogos. Os estudantes são encorajados e valorizados por sua autonomia.

O aprendizado à distância vem com seus próprios desafios. Os alunos podem ter dificuldade para responder perguntas ou realizar exercícios porque não há interação cara a cara com instrutores ou professores.

Os estudantes também são privados da interação com seus pares, o que é crucial para a aprendizagem, bem como para o crescimento pessoal.

O modelo de aprendizagem híbrido combina aprendizagem online e offline. Ele pode ser usado para o ensino presencial ou à distância. Isto permite pegar o melhor de ambos os modelos e usá-los com um único objetivo: melhorar a aprendizagem dos estudantes, melhorar a qualidade da educação.

 

Tipos de Ensino Híbrido

Sala de aula invertida

Se no modelo tradicional o professor de uma sala de aula expositiva explica o material para que os alunos possam fazer seus deveres de casa sozinhos, a aula invertida refere-se à inversão.

O aluno primeiro internaliza os conceitos-chave e, em seguida, a classe os discute e resolve quaisquer questões com a orientação do professor.

 

Laboratório rotacional
O laboratório rotacional faz parte do modelo de rotação de Ensino Híbrido. Isso permite que os alunos se revezem em pequenos grupos ou individualmente em tarefas predeterminadas para eles por seus professores.

Isso permitiria que a classe fosse dividida em dois grupos e, em seguida, trocasse de lugar após cada grupo ter concluído sua tarefa.

Aliás, o professor determinará o tempo disponível para cada vaga. A rotação pode ser realizada na mesma classe ou em classes diferentes.

 

Rotação por estações
A rotação por estações envolve a criação de uma espécie de circuito dentro da sala de aula. Cada estação deve apresentar uma atividade diferente com o mesmo tema central.

A tecnologia digital deve ser incluída em pelo menos uma parada. Os alunos são divididos em grupos de 4 a 5 alunos e alternam entre cada estação.

No entanto, as estações não devem ser conectadas. O fim deve ter um começo, meio e um fim. Não precisa ser reexaminado. Por quê? A razão é que cada grupo terá que ser capaz de enfrentar cada desafio individualmente.

Rotação individual

As jornadas de aprendizado são adaptadas para atender as necessidades dos estudantes.

Vale dizer que se trata de um modelo híbrido de ensino, onde a personalização realmente se realiza. O professor deve ser sensível às necessidades dos alunos e criar rotas mais personalizadas, a fim de atender a quaisquer dificuldades potenciais.

O professor tem a responsabilidade de criar o melhor ambiente de aprendizagem. O professor não tem que criar um roteiro para cada aluno.

Ele realizará atividades diferentes para atender alunos com perfis e necessidades similares. Ele buscará os melhores recursos online para criar situações de aprendizagem para estudantes ou grupos.

Dessa forma, este modelo é aplicável a muitas escolas que aceitam alunos em diferentes níveis de aprendizagem.

 

Flex
É a mais comum nas escolas durante a pandemia. Os roteiros são enviados por meio de plataformas digitais.

Os alunos podem usar o professor para ajudá-los em suas atividades, enquanto outros podem colaborar com eles ou fazer outras coisas relacionadas à atividade física.

Dessa forma, você também pode entrelaçar ações individuais e em grupo online.

 

À la carte


Isto é bastante comum no ensino médio, especialmente em países onde a educação personalizada é mais popular, como os Estados Unidos.

O estudante organiza seus estudos de acordo com os objetivos gerais de aprendizado.

Estas eletivas podem ser combinadas com itinerários formativos, ou podem ser escolhidas como eletivas. Este modelo permite ao estudante escolher entre pelo menos uma matéria que esteja disponível online.

 

Virtual aprimorado

O estudante é capaz de acessar todos os cursos online. Eles vão à escola uma ou duas vezes por semana para completar projetos, debater e discutir o material que estudaram online.

Você também pode monitorar o progresso de seu aprendizado, participando de sessões presenciais.

 

Características do EH

Agora temos uma melhor compreensão do que é a educação híbrida e dos benefícios que ela oferece. Vamos defini-la e explicar por que ela é tão eficaz em sua execução.

A metodologia geral de ensino é ampla e permite que o aluno se movimente livremente, sem ficar preso em uma aula ou sobrecarregado por conteúdo, testes ou outras atividades.

Ela rompe com a tradição, que ainda usa métodos de décadas. Embora o mundo tenha mudado, algumas instituições têm permanecido estáticas em sua educação.

Na sala de aula, os alunos devem estar desligados da tecnologia e trabalhar com seus educadores.

Cada aluno deve se ver como parte do todo e trabalhar em benefício de seus colegas de classe, e não apenas de seus próprios colegas. É construtivo, uma parte da troca de experiências entre os alunos com o professor.

Quando eles estão conectados (ou seja, a maior parte do dia após a aula), eles precisam se dedicar online a atividades complementares.

Mas isto não significa que você tenha que sacrificar seu tempo livre para assistir às aulas.

Além disso, você ainda pode enriquecer sua experiência de aprendizagem reservando tempo para pesquisas e respondendo perguntas que não pôde responder em sala de aula.

Desafios do ensino híbrido

Desafios do Ensino Híbrido

Para as escolas que querem adotar o ensino híbrido, a primeira tarefa é treinar seus professores. A escola deve treinar seus professores em como organizar suas aulas e aprender sobre a tecnologia que será utilizada.

Uma grande parte de seu corpo docente já pode utilizar ferramentas digitais porque muitos professores começaram suas jornadas de ensino online durante esta pandemia.

A implementação do curso online diretamente na sala de aula com os alunos é o segundo desafio. Isto será muito mais fácil, pois muitos alunos já estão ativos na comunidade online.

O processo de adaptação deve ser baseado em calendários escolares bem organizados com datas e prazos estabelecidos. Isto dará a seus alunos uma orientação para ajudá-los a manter suas aulas dentro do prazo.

É crucial falar com os pais e responsáveis dos alunos em sua escola. Deixe claro quais são os benefícios e explique como tudo funciona.

É importante falar que o aplicativo Sponte Agenda, que permitem às escolas permanecerem conectadas e informadas sobre todas as atividades. Ou seja, é um forte aliado para que os administradores lidem com a educação em desafios de educação mista e aproveitem os benefícios que ela oferece.

O que você achou? Gostou do post? Deixe um comentário aqui compartilhando suas experiências ou dúvidas, iremos adorar lhe responder!