Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Vestibular, uma invenção brasileira

Os mais antigos conhecem muito bem a palavra vestibular. Mas, será que sabem que o vestibular é uma invenção brasileira? Nem sempre as pessoas no Brasil e no mundo utilizaram a palavra vestibular.

Saiba que essa palavra significa “entrada”, em português, e foi criada a partir da palavra latina “vestibulum”.

Vamos falar um pouquinho de história no artigo de hoje. Nos acompanhe!

A criação do vestibular

Em 1911 o ministro da justiça, Rivadávia Correia, criou o que hoje conhecemos como vestibular, uma prova para selecionar pessoas que pudessem se matricular em universidades.

Antes disso, predominava a política do exclusivismo: somente alunos de escolas como o Colégio Dom Pedro II é que poderiam ingressar nas universidades.

Porém, a quantidade de pessoas querendo fazer um curso superior aumentou, superando assim a quantidade de vagas ofertadas. Foi então que começaram os exames de admissão em duas fases.

As primeiras provas do vestibular

Os primeiros exames vestibulares aplicados no país eram divididos em duas fases: A primeira delas era a prova escrita com dissertação e a segunda fase era a prova oral.

Na prova escrita, por mais que fosse um pouquinho diferente entre as universidades, predominava assuntos de português e língua estrangeira, bem como ciências, que abrange os conhecimentos de química, física e matemática.

Mas, se você pensa que isso era o bastante, pensou errado; e se acha que naquele tempo era muito mais fácil do que hoje, está errado também.

O que acontece é que nas primeiras provas de vestibular os alunos tinham de responder questões referentes aos assuntos que eles iriam estudar quando ingressassem na faculdade.

É importante destacar que as primeiras provas não eram chamadas de vestibular. Isso só começou a ocorrer quando o ensino superior foi reorganizado e criou-se o ensino secundário.

A reorganização do ensino e o vestibular

As provas de admissão às universidades já estavam sendo realizadas, então criou-se em 1960 uma medida que impedia um candidato concorrer às vagas de outras universidades.

Isso porque as provas passaram a ser realizadas nacionalmente em um único dia.

Com a criação da Lei de Diretrizes e Bases, em 1961, ficou estabelecido que o ensino médio era o grau anterior capaz de capacitar o candidato ao ensino superior.

Dessa forma, surgiram as faculdades particulares e também os cursos pré-vestibular de preparação de candidatos para o exame vestibular de universidades públicas e privadas.

A evolução do vestibular no Brasil

Já sabemos então que o vestibular é uma invenção brasileira. E tudo começou por conta do aumento significativo de candidatos às vagas nas universidades.

Chegou o momento em que as provas eram aplicadas em estádios, justamente para comportar tamanho o número crescente de candidatos.

A lei 5540 de 1968 deu o pontapé inicial para o que realmente conhecemos como vestibular. Em 1970 o sistema de vestibular passou por uma organização a comando da Comissão Nacional do Vestibular Unificado.

Uma das grandes alterações foi que os exames poderiam ser realizados em dias diferentes, e as provas versariam apenas sobre os conhecimentos adquiridos no ensino médio.

O vestibular moderno

No entanto, novas adaptações surgiram ao ponto de chegarmos ao que conhecemos como vestibular moderno. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação foi muito importante nesse processo.

É destaque que em 1996 ficou liberado para que cada universidade ou faculdade criasse critérios próprios para a instituição do vestibular.

Vale também destacar a criação do Exame Nacional do Ensino Médio, criado em 1998. Esse exame veio a substituir o vestibular tradicional.

Porém, ainda podemos falar que utilizamos o vestibular, pois como dito inicialmente, esse termo foi criado com base numa palavra latina, que significa em português “entrada.”

Conclusão

O vestibular é uma invenção brasileira, e tudo começou em 1911 quando houve a necessidade de criar um sistema de seleção de candidatos para ingressar na universidade.

Daquele ano para cá muitas modificações foram observadas. E hoje, o maior vestibular já existente no mundo é encontrado aqui no Brasil na forma de Exame Nacional do Ensino Médio que conta com provas dos mais variados saberes, tanto objetiva quanto subjetiva.

Leia muito mais sobre educação no Infopedagógica

Leia muito mais sobre educação no Blog Educação, Ferramentas pedagógicas e no Saiba mais educação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *