Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Conhece metodologias ativas? Aprenda tudo aqui!

A dinâmica de aprendizagem no contexto educacional mudou drasticamente, devido ao maior acesso à informação. O educador não é mais o único responsável pela disseminação de informações; ele agora evoluiu para um facilitador no processo de ensino-aprendizagem.

Este artigo focará no conceito de metodologias ativas e como esta tendência pode ser benéfica para as práticas pedagógicas. Dê uma olhada!

 

O que é projeto de vida proposto no Novo Ensino Médio?

As aulas teóricas são baseadas em um modelo de ensino que tem sido utilizado por muitas escolas por muito tempo.

Desta forma, o professor é o único responsável pela aula, e os alunos só participam dela passivamente. O principal problema nesta situação é manter os alunos motivados, interessados e envolvidos.

Metodologias ativas implicam em alterar o paradigma de aprendizagem, assim como a relação aluno-professor.

O aluno então assume o papel de protagonista e transformador no processo de ensino, com o educador atuando como um guia, permitindo a interação e a participação do aluno na construção do conhecimento.

 

Como funcionam as metodologias ativas?

As metodologias ativas podem ser implementadas utilizando uma variedade de estratégias, incluindo a resolução de problemas, o desenvolvimento de projetos e até mesmo a chamada “sala de aula virada”, na qual um aluno ensina um tópico específico para o resto da classe.

Isto porque a Pirâmide de Aprendizagem, criada pelo psiquiatra americano William Glasser, é a base deste modelo de ensino e aprendizagem (1925-2013). De acordo com a teoria de Glasser, quando os alunos assumem um papel mais ativo no processo de aquisição de conhecimento, seu aprendizado melhora.

O pesquisador utilizou este conceito para criar uma pirâmide gráfica que retratava o grau de retenção do conhecimento para várias estratégias de aprendizagem.

 

Relação com o ensino nos dias de hoje

Metodologias ativas nos dias de hoje. Leia no Infopedagogica.
Fonte da imagem: https://br.freepik.com/

A construção do conhecimento no método tradicional gira em torno do professor, que o transmite em uma sala de aula aos alunos que estão ocupados com anotações ou mesmo alguma distração.

Após um certo número de aulas teóricas, uma avaliação é utilizada para determinar o que os alunos aprenderam ostensivamente.

Neste caso, a passividade do aluno é praticamente inevitável. A metodologia ativa, por outro lado, impede que isto ocorra.

Os estudantes são constantemente encorajados a conduzir pesquisas, ler e se engajar em atividades desafiadoras. Como resultado, as reuniões com o professor se tornam oportunidades para uma discussão frutífera sobre o processo de ensino-aprendizagem.

 

Aspectos positivos e negativos

Fonte da imagem: https://br.freepik.com/

Veja agora os aspectos positivos

 

 

1. Melhora capacidade de trabalhar em conjunto

Uma das principais bases da abordagem ativa é a colaboração entre todos os envolvidos no processo educacional.

Como resultado, os alunos que só tiveram atividades de escrita, avaliação e deveres de casa na escola estarão em desvantagem quando se trata de atuar em grupo.

Dessa forma, é fundamental entender como as metodologias ativas promovem o aprendizado neste sentido, pois os alunos adquirem as habilidades necessárias para ajudar uns aos outros.

 

2. Promove uma perspectiva mais crítica do mundo.

Para as metodologias ativas, a solução de problemas é uma atividade comum. Ela incentiva os estudantes a desenvolverem uma perspectiva mais ampla e crítica do mundo em que vivem através de reflexão profunda, investigação e análise bem fundamentada.

Os estudantes desenvolverão uma excelente capacidade de leitura da realidade como resultado disso, o que os beneficiará em diversas áreas.

 

3. Aumenta as habilidades sociais e emocionais

O trabalho em equipe é outra estratégia comum em metodologias ativas que se concentram no estudante. Os estudantes aprendem a lidar com uma variedade de pontos de vista e sugestões nestas atividades até chegarem a uma solução ou a um ponto que beneficie a todos.

Neste sentido, é fascinante ver como as metodologias ativas promovem o aprendizado porque os estudantes podem desenvolver habilidades interpessoais como colaboração, comunicação e empatia, tudo isso será útil em suas vidas pessoais e profissionais.

Além disso, estas metodologias permitem aos estudantes desenvolver habilidades pessoais importantes como autonomia, autoconsciência, resiliência e autoestima, exigindo um esforço mais ativo.

4. Melhorar a retenção da memória

Quando as escolas implementam metodologias ativas de aprendizagem em sala de aula, os alunos começam a reter mais informações.

Isto ocorre como resultado de suas ideias serem implementadas, trabalho colaborativo e projetos serem concluídos, ou abordagens inovadoras serem usadas para ajudar a solidificar seu aprendizado sem que eles se deem conta disso.

5. Incentiva a independência dos estudantes

Um dos principais benefícios do uso desta metodologia é que ela permite que os estudantes tenham mais autonomia. Porque, em uma sala de aula tradicional, os professores são responsáveis pelo ensino das matérias, este é o caso.

No ensino híbrido, por outro lado, ocorre exatamente o oposto. Embora os professores continuem a preparar as aulas de acordo com o planejamento pedagógico, é responsabilidade dos alunos acessar este conteúdo e acompanhar o fluxo do curso, com base no tempo e esforço investidos.

6. Trabalha muito com a tecnologia

Ao contrário das salas de aula tradicionais, que podem contar apenas com a tecnologia de exibição utilizada pelo professor, a maioria dos espaços de metodologias ativos são equipados com ferramentas de colaboração que são utilizadas pelos próprios alunos.

Aliás, esta é uma excelente maneira de seus filhos se familiarizarem com uma abordagem tecnológica que serve a muitos outros propósitos além do puro entretenimento.

 

Veja agora os aspectos negativos

 

1.Disciplina e organização são difíceis de manter

Aqueles que lutam com disciplina e organização podem lutar para que ela funcione, porque é preciso desenvolver determinação e foco para organizar e cumprir com seu método de estudo.

 

2. Não há ninguém para pressioná-lo a produzir resultados

O resultado depende exclusivamente de você, se você se sai bem ou não, e o que você faz depende exclusivamente do aluno.

Aqueles que têm problemas para fazer as coisas por conta própria e precisam ser constantemente encorajados e forçados a fazer as coisas podem ter dificuldades.

Isto pode lhe proporcionar independência, mas também pode ser um inconveniente.

Tudo isso será determinado pelo seu perfil. Como resultado, é fundamental que você tenha uma compreensão profunda de si mesmo.

 

3. Um desafio para aqueles que não estão familiarizados com os fundamentos da internet

O aprendizado à distância pode ser difícil para aqueles que não compreendem nem mesmo os fundamentos da Internet, porque tudo é feito virtualmente.

Portanto, é necessário conhecer ou aprender pelo menos os fundamentos, como navegar em websites, usar vídeos e comandos, e assim por diante, antes de começar.

 

4. A transmissão do conhecimento

É uma tarefa complicada e difícil entregar conteúdo a uma geração que nasceu conectada e rodeada de informações.

Se antes o aluno era um observador passivo na sala de aula, agora ele deseja participar ativamente do processo de ensino-aprendizagem, acreditando que é capaz de administrar seu próprio conhecimento. O papel do professor mudou como resultado da Internet e das novas tecnologias.

Hoje, o estudante está no centro do processo de ensino-aprendizagem, e é ele quem dirige o processo de construção do conhecimento. O trabalho do professor é mediar e colaborar na criação deste conhecimento.

 

5. A motivação dos estudantes em aprender

O dinamismo reina supremo na era digital. Em um mundo onde a informação viaja a uma velocidade vertiginosa, os dispositivos tecnológicos evoluíram para extensões de nossos corpos. Tudo é instantâneo e imediato.

Como resultado, é compreensível que a Geração Z se sinta impaciente e ansiosa quando confrontada com situações e processos mais lentos.

As metodologias tradicionais de ensino são, na verdade, desmotivantes e exaustivas para a juventude de hoje.

Além disso, o ensino unilateral não se encaixa mais em seu perfil, pois se tornaram muito mais dispersos e suscetíveis às diversas distrações do mundo de hoje, como a Internet, as mídias sociais, os smartphones e assim por diante.

 

6. Adaptação na sala de aula

Não há retorno: a tecnologia está enraizada na vida de crianças e adolescentes, e esta realidade afeta inevitavelmente as relações professor-aluno.

Os professores que negam este cenário estão se submetendo a metodologias de ensino ultrapassadas e antiquadas que estão completamente em desacordo com as exigências e necessidades dos alunos da Geração Z.

Quando se trata da integração de tecnologias na educação, alguns professores e instituições de ensino têm uma resistência absurda.

Existe uma concepção errônea generalizada sobre estes novos recursos, que não pretendem substituir os professores em sala de aula; pelo contrário, eles são extremamente úteis para melhorar o aprendizado.

Você pode consultar o site do MEC sobre as Metodologias Ativas no link: mec.br

Dúvidas? Possui alguma informação a acrescentar? Contribua conosco participando nos comentários!

Leia muito mais sobre educação no Blog EducaçãoFerramentas pedagógicas e no Saiba mais educação.

4 Comments:
29 de outubro de 2021

Excelente publicação, parabéns!!!!!

29 de outubro de 2021

Muito bom esse texto , bom para refletir sobre as metodologia ativas.

4 de novembro de 2021

As Metodologias Ativas servem para a Educação Especial°

8 de novembro de 2021

Na pandemia muitos professores tiveram que aderir às metodologias ativas. Não teve jeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Montessori é um bom método?

A abordagem Montessori se esforça para fomentar um senso de autossuficiência e independências nas crianças, permitindo que elas se encarreguem de sua própria educação. Aliás,

Leia mais »

Conheça o Digipuzzle.net

Está se tornando cada vez mais difícil para os professores despertar o interesse de seus alunos e mantê-los engajados. Muitas escolas se voltaram para recursos

Leia mais »

Sala de aula invertida funciona?

Os avanços tecnológicos trouxeram uma infinidade de recursos e possibilidades para nossa vida diária ao longo dos anos. O processo de ensino e aprendizagem nas

Leia mais »