Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Homeschooling NÃO funciona!

Homeschooling NÃO funciona! Isso mesmo. Vou explicar. Fico perguntando em minha cabeça, o que faz algumas famílias quererem adotar o homeschooling (ensino domiciliar)? Vamos inverter, ensino domiciliar (homeschooling) para valorizar nossa língua amada. Mas voltando ao assunto. Penso que pode ser por simples questão de “ego” de uma classe que se diz burguesa. Qual o sentido de tirar da escola a educação formal? A socialização, que é aprendida nas atividades pedagógicas será trocada por aulas em casa e com professores particulares. Sim, outro mercado de trabalho que vai crescer com a demanda de famílias que optarem por esse tipo de ensino. Mas lembro que é para famílias abastadas.

O ensino domiciliar (homeschooling) precisa ser regulamenta nos estados por cada Conselho Estadual de Educação. No Paraná, isso já aconteceu. Em algum outro estado também aconteceu? Queria saber. Será que é para atender a classe elitizada? Não sei. Uma certeza temos, para o pobre é que não é. A classe mais simples precisa é da escola. Precisa ter onde deixar seu filho para poder trabalhar. Isso sim. Não condeno essa família, pelo contrário, dou todo o meu apoio. E mais, precisamos é ter mais investimentos na escola em tempo integral, na formação do professor, na estrutura das escolas e principalmente…NA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO.

Leia mais sobre o que é ensino domiciliar (Homeschooling) no Blog Educação aqui no Infopedagógica!  

Dúvidas? Possui alguma informação a acrescentar? Contribua conosco participando nos comentários! Você concorda com a opinião acima? 

Leia muito mais sobre educação no Blog EducaçãoFerramentas pedagógicas e no Saiba mais educação.

6 Comments:
8 de novembro de 2021

Não concordo com o texto. Nós como família temos o direito de decidir sobre o futuro da educação de nossos filhos. Obrigado.

8 de novembro de 2021

Bem opinião de professor de esquerda.

8 de novembro de 2021

Concordo com a opinião do site. Qual interesse existe nisso?

22 de novembro de 2021

Péssima opinião, agora vamos aos fatos concretos ?

É lógico que falam que a qualidade do ensino tende a ser ruim,
só que eles estão ignorando, propositalmente, a grande massiva maioria das pesquisas empíricas , como a pesquisa realizada pelo PhD Brian Ray, que analisou 14 outro estudos de caso realizados com peer-review acadêmico (ou seja, revisados com rigor científico e acadêmico) para comparar a performance de estudantes de homeschooling em relação a estudantes de escolas privadas e públicas,e concluiu que os alunos que fazem homeschooling tendem a ter um desempenho superior. (https://www.researchgate.net/publication/319412100_A_Review_of_research_on_Homeschooling_and_what_might_educators_learn); quando falam de ‘socialização’ eles estão ignorando novamente a maioria das pesquisas empíricas (tudo que eles falam se baseiam em teoria) como por exemplo o estudo “Homeschooling and the Question of Socialization Revisited” (“Ensino doméstico e a questão da socialização revisitada” ,em uma tradução literal), de autoria do professor e doutor em Psicologia norte-americano Richard Medlin, que foi Publicado pelo periódico britânico Peabody Journal of Education, que não só desmente essa falácia, como também conclui que as crianças homeschoolers são felizes, constroem amizades de qualidade e têm relacionamentos muito positivos com seus pais, mas isso já tinha sido descoberto muitos anos atrás, por Thomas Smedley, que concluiu que um alunos da educação doméstica doméstica tinham habilidades de socialização superiores à média.(https://www.semanticscholar.org/paper/Homeschooling-and-the-Question-of-Socialization-Medlin/ff5bdcc00f5ce1e9183f60553712f68085221c77);E para aqueles que ainda acham que as evidências trazidas não são o suficiente para mostrar que o ensino domiciliar não é “um vilão da educação”, também podem optar por ler o livro científico Global Perspectives on Home Education in the 21st Century (Perspectivas Globais sobre Educação Domiciliar no Século 21)(https://www.igi-global.com/book/global-perspectives-home-education-21st/256633), que nada mais é do que uma coletânea de artigos acadêmicos organizados pela professora Rebecca Englist, da Queensland University of Technology, universidade da Austrália, ou talvez seja melhor analisar estudos de um país com baixo desenvolvimento, para não usar a falácia do “isso só acontece em países desenvolvidos”, como a África do Sul, nesse caso poderíamos pegar o estudo Homeschooling in South Africa: A Multiple Case Study (“Homeschooling Na África Do Sul: Um Estudo De Múltiplos Casos”, em tradução literal),(https://core.ac.uk/download/pdf/288926005.pdf)
de Jennifer Rae Steytler, da University Of Kwazulu-Natal,publicado em 2019, que não só estuda questões de socialização, como também questões de eficácia, bullying, desenvolvimento emocional, motivação, amizade e muitos outros tópicos interessantes,e se ainda assim desejar uma pesquisa diferente, podemos pegar pesquisas do Chile, como por exemplo o estudo Educación en el hogar en Chile (Educação em casa no Chile. Relatório de resultados da Pesquisa Nacional)(http://www.scielo.org.pe/pdf/educ/v26n50/a01v26n50.pdf)
pesquisa publicada em 2014, pelo professor Lester Aliaga Castillo, da universidade de San Sebastián de Concepción, no Chile, trabalho esse que também aborda a questão da socialização e também mostra evidências de que isso não é um problema no ensino domiciliar.

Mas ainda bem que você andou pensando e chegou a conclusão de que essas pesquisas estão erradas

23 de novembro de 2021

Desculpe, mas não convenceu.

8 de novembro de 2021

Muito bom o texto. Concordo com a opiniao do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Montessori é um bom método?

A abordagem Montessori se esforça para fomentar um senso de autossuficiência e independências nas crianças, permitindo que elas se encarreguem de sua própria educação. Aliás,

Leia mais »

Conheça o Digipuzzle.net

Está se tornando cada vez mais difícil para os professores despertar o interesse de seus alunos e mantê-los engajados. Muitas escolas se voltaram para recursos

Leia mais »

Sala de aula invertida funciona?

Os avanços tecnológicos trouxeram uma infinidade de recursos e possibilidades para nossa vida diária ao longo dos anos. O processo de ensino e aprendizagem nas

Leia mais »