Método Freinet é bom?

0
251
Duas crianças brincando com giz
Fonte da imagem: pixabay.com e Evolua Conteúdos (adaptação)

O método Freinet tornou-se famoso por seu conceito de ensino democrático e colaborativo, focado nos interesses da criança e aprendendo o tempo todo, em diversos ambientes, tirando a sala de aula do coração da vida escolar para explorar a vida além de seu território.

Diante da relevância do tema, preparamos um post completo para você saber quem foi Celestin Freinet, o que é movimento da escola moderna, benefícios do método Freinet e outros assuntos relacionados.

Continue com a leitura e descubra se o método Freinet é bom e aprofunde seus conhecimentos!

Quem foi Freinet?

Imagem de Freinet
Fonte da imagem: eucolegenen.com

Celestin Freinet, um educador francês que visava desenvolver um sistema democrático de educação, livre de tensões sociais.

Os modelos Decroly e Montessori em particular, assim como o sistema escolar regular, foram enganados pela Freinet por não permitirem que as crianças explorassem e desfrutassem de seus próprios interesses e prazeres. Sua principal ambição era construir uma escola que fosse bem apreciada.

Na França, a Freinet foi uma pioneira no movimento escolar moderno. Como indica sua defesa das escolas que se concentram na criança como membro integral de uma comunidade e não como um indivíduo isolado, o movimento educacional que ele formou é definido por sua dimensão social.

A escola que ele projetou é considerada como um catalisador de mudança social e é particularmente popular, pois não marginaliza os alunos das classes menos favorecidas.

Na visão deste educador, o que constitui recursos pedagógicos, lugares e contextos está aberto ao debate. Ele propõe que o trabalho/jogo é uma atividade vital, com estratégias baseadas em experimentação e documentação que oferecem ao aluno os meios para melhorar seus conhecimentos e desenvolver suas ações.

Alguns dos métodos da pedagogia Freinet: desenho livre, texto livre, aulas de caminhada, correspondência interescolar, jornal, o livro da vida (diário e comunitário), o dicionário infantil, o caderno circular para instrutores e assim por diante.

Desenho, redação, gramática, matemática e outras disciplinas científicas e ciências sociais se beneficiam do uso dessas ferramentas.

Entretanto, estas estratégias não são um fim em si mesmas, mas momentos de um processo de aprendizagem que, partindo dos interesses mais profundos da criança, oferece as condições para estabelecer a apropriação do conhecimento.

O que é movimento da escola moderna?

Pela primeira vez, as crianças e jovens modernos estão posicionados no centro das atividades escolares, ao invés do contrário, com abordagens tradicionais de ensino. A ideia é nova e fácil de implementar em uma ampla gama de situações.

Métodos e abordagens criativas e inventivas são usados para encorajar a autodeterminação, criatividade e iniciativa autônoma da criança – habilidades que são hoje muito requisitadas tanto no contexto social e pessoal, como também na força de trabalho futura.

Um pedagogo anarquista, Celéstin Freinet (1896-1966), recomendou que as crianças fossem integradas à sociedade através de uma educação cidadã e participativa. Construir juntos é uma das principais recomendações da metodologia elaborada pela Freinet. A técnica de Freinet contém quatro partes fundamentais:

  • Cooperação: para a formação do conhecimento é necessário
  • Afetividade: as pessoas e o objeto do conhecimento têm um forte vínculo emocional.
  • Comunicação: a integração do conhecimento através da comunicação é a melhor maneira de desenvolver educação
  • Documentação: todos os dias, um registro da história deve ser sempre criado.

Benefícios do método Freinet

Aluno em sala de aula
Fonte da imagem: pexels.com
  1. Melhor entendimento da democracia

“A democracia do futuro é preparada na democracia da escola”, comentou Freinet. Sua escola era um lugar onde pais, instrutores, alunos e a comunidade tinham voz no projeto do edifício, assim como na seleção do que ensinar e aprender.

As respostas mais adequadas às questões relativas à educação só podiam ser encontradas por meio de um envolvimento ativo e interação, e não da massificação da estrutura da escola.

  1. Foco no aluno

Embora Freinet fizesse parte do movimento Nova Escola no início do século 20, sua metodologia foi copiada por escolas libertárias e outras escolas em todo o mundo.

Quando o ensino tradicionalista se concentrava exclusivamente no professor e na instituição, esta nova abordagem se concentra no processo de ensino e aprendizagem do aluno, destacando a necessidade inerente de focalizar o aluno e seu processo de ensino-aprendizagem, em um esforço cooperativo, de acordo com o contexto no qual ele está inserido.

  1. Novas dimensões para o sucesso

O método Freinet nem sempre atende à atual moralidade da concorrência a todo custo em que vivemos hoje.

Aliás, na visão do Celéstin Freinet a escola é um lugar onde as crianças aprendem e ensinam umas às outras por meio de uma rotina prática e envolvente que encoraja a experiência, e onde os professores fornecem feedback positivo e reconhecimento individual. Como facilitador de atividades, o professor ensina e aprende ao mesmo tempo. 

  1. Forte apelo a prática

Não há livros didáticos usados no método Freinet. Os estudantes puderam desenvolver e relatar suas próprias experiências, com a ajuda de profissionais, fora dos limites dos livros didáticos.

O aprendizado, segundo o teórico francês, é uma experiência emocional. Em vez de se concentrar apenas na teoria, ele se propõe a combinar ambas.

  1. Livre expressão

O método Freinet, este é um princípio fundamental. Como o objetivo não era produzir uma teoria científica ou uma abordagem rígida de ensino, o pesquisador desenvolveu uma série de técnicas e recursos para enfatizar a liberdade de expressão das crianças, inspirando-se no trabalho do biólogo suíço Jean Piaget, entre outras fontes (1896-1980).

Foi uma resposta à escola que existia em seu tempo e que muitas vezes se assemelhava a algumas das escolas que vemos no Brasil, que são obcecadas pelo acúmulo estéril de informações e pela manipulação das estruturas institucionais.

Além disso, educadores e alunos não devem ser classificados de forma alguma. O ensino era acadêmico ou prático, e acontecia tanto na sala de aula quanto fora dela.

Para aqueles não familiarizados com o método Freinet, é importante lembrar que ela foi fundada sobre quatro princípios fundamentais: cooperação, interação, documentação e afetividade (o conhecimento só é possível através do estabelecimento de vínculos entre os envolvidos).

  1. Cooperação e interação

Ao longo de sua carreira, Freinet experimentou uma variedade de métodos para implementar os quatro princípios subjacentes.

Alguns exemplos de texto livre incluem o jornal da classe (onde todos os alunos são encorajados a participar e registrar para os demais colegas de classe suas realizações, conquistas ou descobertas) e a cooperativa escolar (na qual pais e alunos, assim como outros membros da comunidade, são capazes de trabalhar juntos para atingir os objetivos).

Quando chegou a educação Celestin Freinet?

Este movimento foi afirmado por uma série de experiências escolares nas quais as crianças receberam a liberdade e a responsabilidade de aprender por conta própria.

Essas Escolas Modernas assinaram um acordo com o movimento que defende o retorno do modelo educacional convencional, autoritário e disciplinar.

O objetivo deste movimento é não apenas desenvolver uma nova forma de escola, mas também uma escola construída sobre a cooperação, a liberdade individual e o voluntariado.

A Federação Internacional dos Movimentos Escolares Modernos (IFMSM) foi fundada em 1966 e hoje governa o Movimento Escolar Moderno, um grupo de professores e profissionais da educação de todo o mundo.

O grupo foi fundado em Portugal em 1976, após a revolução de abril. O educador francês Célestin Freinet (que chegou ao Brasil por volta de 1970) concebeu uma técnica educacional que inclui o trabalho individual dos alunos, pequenos grupos trabalhando juntos para completar projetos, e princípios democráticos em sala de aula.

E, Francisco Ferrer, um militante catalão libertário, foi uma influência libertária sobre o movimento Chage. Emma Goldman, Margaret Sanger, Alexander Berkman e Man Ray estavam entre os que causaram impacto no movimento nos Estados Unidos.

Algumas escolas que aplicam o método Celestin Freinet no Brasil

Colégio Integral (Curitiba, Paraná)

O Colégio Integral é uma instituição com mais de 20 anos de experiência emprega o conceito pedagógico  do método Freinet em Curitiba devido a sua crença na função da escola como um ambiente que aguça o conhecimento via criatividade, curiosidade e ética.

Escola Celestin Freinet (cidade de São Paulo)

Em 1991, o Centro de Recreação Infantil abriu o caminho para a criação da Escola Celestin Freinet. Na Baixada Santista, a educação infantil rapidamente se estabeleceu como um modelo a ser seguido por outros.

Originalmente uma moda, a Escola Celestin Freinet rapidamente se tornou uma exigência absoluta.

A Escola Celestin Freinet de Ensino Fundamental foi estabelecida quatro anos após seu início para proporcionar aos alunos “pensamento livre”, desenvolvimento moral e acesso ilimitado ao conhecimento por meio do revolucionário Sistema de Ensino Anglo.

Quando foi criado a Unidade II em 1999, a qualidade do ensino na Escola Celestin Freinet já era bem conhecida; era um lugar enorme e flexível para o berçário e o jardim de infância. Em um ambiente acolhedor, seguro e estimulante, as crianças podem se desenvolver em todo o seu potencial.

Os alunos da primeira e segunda séries e do ensino médio só usam a Unidade I. A área também foi ampliada e renovada para proporcionar mais espaço para os tipos de atividades que imaginamos para nosso conceito pedagógico, ao mesmo tempo em que a tornava mais confortável. Em outras palavras, as duas divisões da escola Celestin Freinet foram concluídas.

Por exemplo, a Escola Celestin Freinet possui novas creches e salas de aula maiores e com ar condicionado; uma piscina coberta e aquecida; um café; uma sala de jogos; novos parques e quadras esportivas; e muito mais. Tudo isso sob o olhar atento das câmeras de segurança em todos os momentos.

Leia também aqui no Infopedagógica sobre o método Montessoriano. Clique no link!

Se você gostou deste artigo “O método Freinet é bom? e o achou útil, compartilhe-o com seus amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here